guilhermedaluz.com

Estratégias para criar conteúdos que vendem

Estratégias para criar conteúdos que vendem
Imagem: Pexels

O conteúdo é a base das estratégias de marketing digital de muitas empresas. Mas muitos não convertem vendas da forma que a corporação deseja. Veja como criar conteúdos que vendem mais!

Hoje, basicamente todas as empresas que possuem presença digital sabem que um dos pilares das estratégias deve ser o conteúdo. 

Os usuários das redes sociais não querem saber somente de propaganda, é necessário compartilhar conteúdo de qualidade e relevante para o público-alvo. 

Em meio a diversas empresas realizando as mesmas estratégias, existem conteúdos que apresentam baixa taxa de conversão, ou seja, não atrai as pessoas corretas, não prospecta clientes, não gera tráfego, nem leads.

Para mudar isso, é necessário rever toda a estratégia para verificar o conteúdo que está sendo produzido e porquê não está obtendo os resultados desejados. Entenda!

Como criar conteúdos que vendem

Sabemos que as empresas desejam atrair clientes a partir de suas postagens. Não importa seu ramo de atuação, ter presença digital é indispensável para vender mais. 

Porém, criar conteúdo sem direcionamento e realizar tráfego pago não garante tráfego, muito menos geração de leads. 

Separamos algumas estratégias para criar conteúdos mais assertivos para gerar leads qualificados e, consequentemente, mais vendas. Confira!

1. Conheça seu público-alvo

O primeiro passo é saber quem você quer atingir, quem é o público-alvo de sua empresa. Criar a sua persona vai ajudar a ditar o tom de seu conteúdo, além das plataformas digitais que você utilizará para transmitir essa mensagem e qual formato de mídia será melhor para atingir os potenciais clientes.

Entenda as dores e necessidades do seu público. Essas informações são essenciais para produzir conteúdo mais atrativo, que engaja e atraia leads. 

2. Pense no funil de vendas

Um bom conteúdo é aquele que irá guiar o usuário pela jornada de compras, mais conhecido como funil de vendas. Você deve utilizar as diferentes fases para a sua criação de conteúdo digital.

Para os de topo de funil, ou seja, a fase do aprendizado e descoberta, você pode gerar conteúdos educativos de uma forma que seja relacionado ao seu produto. 

Por exemplo, uma empresa de cosméticos pode criar um post dando dicas de armazenamento da maquiagem ou limpeza de pincéis. Ele irá atrair pessoas que utilizam esse tipo de produto.

Na sequência, pode realizar um guia dos tipos de pincéis específicos para cada produto, citando alguns de seus produtos. Nisso, a audiência já está no meio do funil, onde viu sua solução e está considerando comprar seu produto.

Para atrair o usuário para a fase final do funil, e levar à venda, é preciso produzir conteúdos mais aprofundados. Além disso, incluir algo que convença o usuário a comprar ou deixar suas informações de contato, como um desconto, uma amostra grátis, etc.

Criar conteúdos pensando em cada etapa do funil é essencial para uma estratégia ter resultado. 

3. Ofereça conteúdo de valor

Principalmente na fase final do funil de vendas, é necessário oferecer algo de valor para convencer o usuário a comprar ou deixar seu contato. 

Como mencionado, este conteúdo deve trazer algo que seja valioso para o potencial cliente, que já está pensando em comprar seu produto ou contratar seu serviço. 

Caso você precise das informações de contato desse lead, ou seu serviço, necessita oferecer atendimento personalizado antes de efetuar a venda. Então, ofereça alguma postagem de valor como um e-book, uma planilha personalizada ou checklist para download mediante preenchimento das informações de contato.

4. Utilize elementos gráficos de qualidade

Para deixar a sua postagem ainda melhor, utilize elementos gráficos de qualidade, como fotos, vídeos e infográficos, tanto para ilustrar, atrair a atenção, como para facilitar o entendimento.

Por exemplo:

elementos gráficos de qualidade
Imagem: Smartia Seguros

Se você precisa produzir conteúdo com muitos dados, comparação de métricas, mas acredita que é um assunto relevante, aposte em gráficos e infográficos. Eles fazem com que as informações sejam lidas e entendidas de maneira mais rápida e efetiva.

Veja um exemplo que deu certo, aplicado no site de um dos clientes da Gluz Digital:

Estratégia de marketing de conteúdo - index
Imagem: Smartia Seguros

Imagem: Smartia Seguros

*Note que o texto explica os principais pontos do levantamento realizado pela equipe e, ao longo do texto, o leitor pode baixar o Index da Smartia para maiores detalhes. 

Para as redes sociais, aposte em imagens, fotos e vídeos, para atrair a atenção das pessoas de forma mais rápida, e passe seu conteúdo de forma mais atraente e relevante.

5. Divulgue e promova seu conteúdo

Depois que a sua postagem estiver de acordo com o que você quer atingir, está nos canais indicados para o seu público-alvo e direcionado para cada fase do funil de vendas, é hora de promover e divulgar nos meios corretos.

Divulgue o conteúdo de seu blog nas redes sociais, e-mail marketing, troca de links e guest posts e, a estratégia mais usada, em tráfego pago. 

Abaixo, um exemplo de tráfego pago:

Estratégias para criar conteúdos que vendem

Muitas empresas apostam somente no tráfego pago, sem ter publicações estruturadas, vendo seu investimento não render os resultados que deseja. 

Uma estratégia de marketing de conteúdo deve englobar todas as ações, sejam orgânicas e pagas, para trazer cada vez mais resultados. Realize campanhas de tráfego no Google e em diferentes plataformas e redes sociais para divulgar suas postagens para mais pessoas. Assim, aumentará a sua chance de geração de leads e conversões.

Então, agora você já sabe como criar conteúdo digital. Siga estas etapas e colha resultados positivos com suas ações de marketing de conteúdo para blog, redes sociais e outros canais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.