Um leão em Cannes…

Um dia vou ganhar um Leão! Vontade, sonho e persistência de cada um de nós, criativos, que desejam abocanhar um prêmio no Festival de Cannes (Cannes Lions), e no dia seguinte colocar um anúncio bem grande de primeira página no jornal local, não para os leitores em geral, mas para o que o pessoal das outras agências fiquem com inveja.

É assim mesmo. Não importa se a namorada gostou, o cliente aprovou ou se o vizinho  lembrou. O que vale mesmo é que a peça ou a campanha seja reconhecida nos melhores festivais de propaganda do mundo, citando o Festival de Cannes, Festival de Londres (D&AD) ou de Nova York.

E pra chegar lá é uma caminhada muito longa. Depende do briefing quente que chega na agência e que o diretor de criação escorrega na sua mão (isso se o atendimento não passar a caneta por cima e mudar tudo). E aí depende se você dormiu bem na noite anterior, se o seu time ganhou e o trânsito da beira-mar não atrapalhou para que você chegasse atrasado no trabalho.

Com o briefing na mão acaba, você acaba tendo aquela grande sacada, uma ótima ideia e que a garota do atendimento, que você anda saindo na quinta-feira depois do trabalho, acaba mostrando diretamente para o cliente sem o dono da agência ver.

– Ah, o negócio é o seguinte tá, a ideia é boa mas é muito ousada, o cliente é conservador, assim não dá, vamos deixar isso mais comportadinho e com a cara da agência? Aí já era.

E se a ideia sai da agência sem ninguém modificar, depende também que o cliente goste, a verba aprove e a produção não amarele.  E aí você vai ter tempo de sobra para brigar com o dono da agência pra abrir a mão e inscrever as suas peças para o Festival. Em muitos casos quem banca com isso é a dupla, que acaba arcando com as despesas e sonhar que o seu anúncio ou campanha seja escolhido.

Já fiz parte da equipe que organizou e preparou o Festival de Londres em 2008, e lá pude observar muita coisa interessante com um olhar bastante criativo. Tem muita campanha boa e que acaba falhando na tradução das peças, categorias e na apresentação. Imagine que serão pelo menos 15 jurados para cada categoria, de diferentes países e culturas distantes. Você acha que se você não explicar bem e enaltecer a sua idéia, será possível convencê-los?

Agora em 2011, faço parte da equipe que prepara o Festival de Cannes 2011, e além de grandes ideias, há muitos outros detalhes que vão fazer a diferença para você levar um leão pra casa.

Este blog pretende mostrar os bastidores, os rugidos e as grandes sacadas do maior festival de propaganda do mundo.